HISTÓRIA DA ANMECC

A idéia de fundar uma ONG com o intuito de ajudar pacientes acometidos com o câncer, surgiu no ano de 2006 com Miguel Rodrigues (em memória) que, acometido de câncer, enfrentou dificuldades para obter tratamento especializado na região. Inconformado, procurou recursos fora do estado. Das poucas opções possíveis, optou pelo Hospital de Câncer de Barretos, onde obteve ótima acolhida e rápidos resultados. Após ter superado a fase inicial do tratamento, passou a ajudar pacientes com câncer. Voluntariamente e arcando com os custos decorrentes, passou a atender em sua residência os pacientes que o procuravam e encaminhava-os para atendimento gratuito. Esse trabalho foi crescendo e quando atingiu o número de aproximadamente 50 pacientes atendidos mensalmente a Prefeitura de Unaí, através da Secretaria de Saúde, passou a ajudá-lo, liberando o uso de telefone, fax e fornecendo uma van para o transporte dos mesmos. O número de pacientes continuava a crescer, tanto que, em várias oportunidades, além da van, já eram necessários carros extras. Atendendo sugestão de amigos e com o apoio de alguns empresários, seu próprio médico Dr.Ulisses Paulo Costa, iniciou as gestões que culminaram na fundação da então Associação Unaiense de Combate ao Câncer, que antes mesmo do seu registro, pela procura em âmbito regional, sofreu alteração para Associação Noroeste Mineiro de Estudos e Combate ao Câncer.

Em 15 de Dezembro de 2006, no Plenário da Câmara Municipal de Unai, com a presença de inúmeras pessoas, dentre as quais estavam pacientes em tratamento e outros recuperados, num ambiente de muita emoção, nascia oficialmente a ANMECC que, por aclamação, teve o nome do Sr.Miguel Ferreira Rodrigues (em memória) escolhido para seu primeiro Presidente. Compondo-se a diretoria: Diretor Administrativo: Dr. Ulisses Paulo Costa, Diretor Financeiro: Marcos Regines e Odécio Oppelt como Secretário, diretor administrativo: Jaime Correa Guimarães.

Com uma sala cedida em regime de comodato, iniciava-se a busca por recursos como móveis, equipamentos, divisórias, etc. que possibilitassem condições de receber dignamente as pessoas que nos procuravam. Através de doações e da rifa de uma novilha fornecida por um paciente, no dia 18 de Outubro de 2007 abriam-se as portas da sede da ANMECC.

Neste meio tempo, o trabalho não sofreu qualquer interrupção, pelo contrário, ampliava-se. A velha Van, que tantas vezes ficava na estrada, foi substituída por um Microônibus, já com um mínimo de conforto.

Na data de 28 de Dezembro de 2007, com apenas um ano de fundação, através do Decreto-Lei nº 2531, foi concedido pela Câmara Municipal de Unai, o reconhecimento como de Utilidade Pública Municipal a nossa ANMECC. Em 30 de abril de 2010 nos foi concedido como Utilidade Pública Estadual, tramitando através do Projeto de Lei nº 4.232/2010 e em 21 de fevereiro de 2013 foi concedido o título de Utilidade Pública Federal de Portaria nº 605 . Logo veio a concessão de “Diploma de Mérito Assistencial” e outros reconhecimentos públicos ao trabalho desenvolvido pela entidade, que, a esta altura já desenvolvia trabalhos de prevenção junto a empresas e escolas, bem como, reunia dados confiáveis sobre a incidência de câncer na região. Estes dados foram apresentados para conhecimento geral, na data de 13/03/2008, quando, com o apoio de entidades e políticos, realizou-se “Audiência Pública da Comissão de Saúde do Estado” com o objetivo de debater-se a incidência do câncer no Noroeste Mineiro. Evento que reuniu inúmeras autoridades do âmbito federal, estadual e municipal, médicos, enfermeiros e outros profissionais da saúde, além de um público acima de mil pessoas.

Com a adesão de pacientes recuperados e familiares, empresários, clubes de serviço e da comunidade em geral, a entidade cresceu, o espaço físico quadruplicou, os pacientes já viajam em ônibus de turismo de 50 lugares, com acompanhamento de servidor da ANMECC. Hoje temos mais de 760 pacientes encaminhados pela ANMECC para tratamento de câncer, temos atendimento psicológico, farmácia, oficina de artes manuais, bazar, encaminhamento de benefícios, convênios com hospitais, laboratórios, clinicas, farmácia, grupo de voluntários, apoio religioso, casa de apoio em Barretos-SP fundada no dia 13 de novembro de 2013 etc. Nossa maior satisfação, além de prestar todo o serviço de forma gratuita, é constatar que os resultados são evidentes, desde os sorrisos e satisfação dos pacientes recuperados aos números que demonstram a impressionante redução do número de óbitos por câncer na região noroeste de Minas Gerais, excluindo a região do rol das que mais davam motivo de dor e sofrimento as famílias mineiras.

Recentemente a Prefeitura de Unaí concedeu a entidade um terreno de 17.000 m², para a construção do Hospital de Câncer do Noroeste Mineiro, o projeto arquitetônico está aprovado pela ANVISA para assim iniciarmos a nossa construção.A comunidade, clube de serviços, fazendeiros, empresários, comerciantes, cooperativas, todos estão empenhados nesta luta que certamente, flui com o apoio da prefeitura, da Secretaria Municipal de Saúde, secretaria do Estado de Saúde, políticos, da esfera Municipal, Estadual e Federal, já iniciamos a obra e em breve conseguiremos realizar o sonho de todos que é a inauguração do centro de prevenção e terapia do futuro Hospital de Câncer do Noroeste Mineiro.